Significado dos Nomes das Cidades de Mato Grosso do Sul

Cidades ordenadas por ordem alfabética:

1. ÁGUA CLARA – Em função do córrego Água Clara, de cujas águas cristalinas se abasteciam a população urbana da sede.
2. ALCINÓPOLIS – Em homenagem ao esposo da professora Romilda, Alcino Fernandes Carneiro, que buscaram junto a Prefeitura Municipal de Coxim, meios para criação da primeira escola primária na região.
3. AMAMBAÍ – Significa aquela gota de sereno que cai das plantas de folhas largas ao amanhecer, o orvalho.
4. ANASTÁCIO – Em homenagem a um italiano, Vicente Anastácio estabeleceu-se na região ao comprar uma Fazenda denominada Santa Maria.
5. ANAURILÂNDIA – O fundador Ciriaco Gonzáles foi casado com Dona Anaurelíssia Gonzáles. O nome da cidade Anaurilândia é uma homenagem a ela.
6. ANGÉLICA – Em virtude dos préstimos e atenção que uma senhora de nome Angélica dispensava aos forasteiros que passavam as margens do rio Ivinhema.
7. ANTÔNIO JOÃO – Homenagem ao tenente Antônio João Ribeiro, herói da Guerra do Paraguai.
8. APARECIDA DO TABOADO – Veneração que os moradores da povoação dispensavam a Nossa Senhora Aparecida e de existência do porto situado às margens do Rio Paraná, com a denominação de Taboado.
9. AQUIDAUANA – Palavra que significa Rio Estreito.
10. ARAL MOREIRA – Homenagem póstuma ao Dr. Aral Moreira, advogado, pecuarista, político e jornalista.
11. BANDEIRANTES – Em homenagem aos componentes das legendárias bandeiras que no passado penetraram e exploraram o Estado de Mato Grosso.
12. BATAGUASSU – Bata, do tcheco-eslovaco sobrenome do fundador da Cidade; Guaçu, do tupi-guarani água grande, sendo este último ainda, denominação de um ribeirão próximo à cidade.
13. BATAYPORÃ – Calçado Bata, do checoslovaco Jan Antonín Baťa, o rei dos calçados. Literalmente, BATAYPORÃ significa – “Água Boa do Bata”.
14. BELA VISTA – Supõe-se que seja por influência da localização do Fortim Bela Vista, plantado na cidade de igual denominação, no Paraguai e confrontante com a sede do município brasileiro.
15. BODOQUENA – Vem da palavra que, em tupi-guarani, significa nascente em cima da serra.
16. BONITO – Adveio do nome da fazenda em cujas terras sua sede foi fundada.
17. BRASILÂNDIA – Palavra que significa Terra do Brasil.
18. CAARAPÓ – Significa CAA = erva-mate e RAPÓ = raiz de erva-mate, em síntese, terra da erva-mate.
19. CAMAPUÃ – Origem Tupi Guarany e significa seios erguidos.
20. CAMPO GRANDE – Em razão do vastíssimo campo que se estende a sudoeste da cidade.
21. CARACOL – Município fundado às margens do rio caracol.
22. CASSILÂNDIA – Em 1943, Joaquim Balduíno, mais conhecido pela alcunha de Cassinha, considerando a distância e as dificuldades para atingir os centros comerciais, idealizou a formação de um povoado.
23. CHAPADÃO DO SUL – Em virtude dos campos planos de terras vermelhas existentes na região.
24. CORGUINHO – Na foz do Ribeirão Corguinho é que se deu origem a cidade.
25. CORONEL SAPUCAIA – Homenagem ao grande herói militar do mesmo nome.
26. CORUMBÁ – Vem do tupi kuru’mba, que significa banco de cascalho.
27. COSTA RICA – Em homenagem ao fundador José Ferreira da Costa procedente de Nioaque.
28. COXIM – Em virtude do Rio Coxim que corta a região.
29. DEODÁPOLIS – Homenagem ao fundador Deodato Leonardo da Silva.
30. DOIS IRMÃOS DO BURITI –
31. DOURADINA –
32. DOURADOS – Nome que tomou o povoado por ser próximo ao rio Dourados.
33. ELDORADO – Recebeu o nome por ser uma terra de grandes riquezas exploráveis.
34. FÁTIMA DO SUL – Homenagem à padroeira da cidade.
35. FIGUEIRÃO – Foi devido a uma figueira situada no “Vau da Jesuína” ou “Vau da Figueira” à margem direita do Córrego Figueirão, praticamente extinto pelo assoreamento mortal.
36. GLÓRIA DE DOURADOS – Surgiu por conta de uma visita do padre José Daniel, administrador do Núcleo Colonial, proferiu em discurso a frase – Esta cidade será a glória, a glória de Dourados.
37. GUIA LOPES DA LAGUNA – É uma homenagem ao Guia Lopes, herói da Retirada da Laguna.
38. IGUATEMI – Palavra da língua tupi, que significa fonte de água pequena.
39. INOCÊNCIA – Homenagem ao romance Inocência, de Alfredo de Escragnolle Taunay, Visconde de Taunay.
40. ITAPORÃ – Palavra que significa Pedra Bonita.
41. ITAQUIRAÍ – Devido ao grande número de pedras redondas que aqui foram encontradas (Ita = pedra e quiraí = redonda).
42. IVINHEMA – Homenagem ao rio que banha o município.
43. JAPORÃ – Espécie de ave da região.
44. JARAGUARI – Deriva do Córrego Jaraguari que nas proximidades de sua confluência, nasceu à povoação.
45. JARDIM – Fábio Martins Barbosa, proprietário da fazenda Jardim, às margens do rio Miranda, em cujas terras se edificaram a cidade.
46. JATEÍ – Variante do nome Jataí, que diz respeito a uma espécie de abelha silvestre cujo mel é muito apreciado.
47. JUTI –
48. LADÁRIO – Ladário ou Ladairo era a designação atribuída a uma procissão popular onde se recitavam ladainhas.
49. LAGUNA CARAPÃ – Significa “Lagoa Torta”, nome guarani, dado pela grande lagoa que existe na região, que agora não está tão grande como era.
50. MARACAJU – Palavra Tupi-Guarani que significa Papagaio Verde da Cabeça Amarela.
51. MIRANDA – Em homenagem a Caetano Pinto de Miranda Montenegro, 6º Capitão-General das capitanias de Mato Grosso e Cuiabá.
52. MUNDO NOVO – Sementes de café trazidas de São Paulo – Sumatra e Mundo Novo. Esta última prevaleceu e cuja lavoura caracterizava a região servindo de propaganda sobre a fertilidade do solo.
53. NAVIRAÍ – De origem guarani, significando pequeno rio impregnado de arbustos roxos.
54. NIOAQUE – Vem da palavra tupi-guarani Anhuac que traduzida para o Português significa Clavícula quebrada.
55. NOVA ALVORADA DO SUL –
56. NOVA ANDRADINA – Acrescentou-se o vocábulo “Nova” para evitar se confundir com a de Andradina, cidade do interior paulista, fundada também por Moura Andrade.
57. NOVO HORIZONTE DO SUL –
58. PARANAÍBA – Em função do Rio Paranaíba.
59. PARANHOS – Homenagem ao ilustre diplomata de fronteiras José Maria da Silva Paranhos, o Barão do Rio Branco.
60. PEDRO GOMES – Ilustre morador da região.
61. PONTA PORÃ – A serra e alguns capões de mata que aqui existiam, davam aspecto de beleza ao lugar, que passou a ser denominado de Ponta Porã, que quer dizer Ponta Bonita.
62. PORTO MURTINHO – É uma homenagem a Joaquim Murtinho, presidente do Banco Rio e Mato Grosso.
63. RIBAS DO RIO PARDO – Significa Acima do Rio Pardo.
64. RIO BRILHANTE – Homenagem ao rio que irriga suas áreas e faz limite do lado sul.
65. RIO NEGRO – Homenagem ao rio do mesmo nome que corta o município.
66. RIO VERDE DE MATO GROSSO – Em virtude de um curso d’água que banha a sede municipal e tem essa denominação.
67. ROCHEDO – O Rio Aquidauana corre sobre o leito rochoso na periferia da cidade.
68. SANTA RITA DO PARDO – Homenagem à padroeira da cidade e ao rio que banha a cidade.
69. SÃO GABRIEL DO OESTE – Homenagem a um campo-grandense chamado Gabriel Abrão que comprou uma área próxima ao córrego Ponte Vermelha que futuramente viria a ser o município e ao padroeiro da cidade.
70. SELVÍRIA – Localizada em terras do fazendeiro João Selvirio de Souza, que deu origem ao município.
71. SETE QUEDAS –
72. SIDROLÂNDIA – Homenagem ao seu fundador, Sidrônio Antunes de Andrade.
73. SONORA – Foi determinado que se chamasse Distrito de Sonora, devido aos filmes assistidos pelo Comandante Coutinho, em Rondonópolis/MT, onde nos filmes de faroeste os bandidos se refugiavam na Cidade de Sonora, México, na fronteira com os Estados Unidos, fugindo dos Xerifes Texanos.
74. TACURU – Em guarani significa cupim. É pelo fato de haver muitos cupins na cidade naquela época.
75. TAQUARUSSU – Existência de grande quantidade de bambus ou taquaras, mais conhecidos como taboca ou taquarussu.
76. TERENOS – Terenos é topônimo provindo da tribo indígena Terenos ou Terenas – o mesmo que Gaturamo-rei – ave de família dos Tanagrídeos, também chamado Bonito.
77. TRÊS LAGOAS – A topografia local deu nome ao Município, pois ali se localizam três lagoas, situadas no perímetro suburbano da cidade.
78. VICENTINA –