Distrito Federal – Significado dos Nomes

Cidades ordenadas por ordem alfabética:

1. Águas Claras – Seu nome é uma referência ao córrego homônimo que nasce na região e abastece o Lago Paranoá.
2. Brasília – Significa “natural do Brasil”, brasileira”, “aquela que provém de terras brasileiras”. O nome Brasília é uma versão feminina do nome Brasil.
3. Brazlândia – Em homenagem à família mais numerosa da região, os Braz de Lima quem povoaram a terra que futuramente seria Brazlândia.
4. Candangolândia – O termo candango surgiu com os africanos que vieram para o Brasil, foi utilizado para nomear os trabalhadores que vinham de outras regiões, sendo empregado também na construção de Brasília, com a chegada de operários de outros lugares, principalmente dos Estados do Nordeste do nosso País.
5. Ceilândia – O secretário Otomar Lopes Cardoso conferiu, à nova localidade, o nome de Ceilândia, inspirado na sigla “CEI” (sigla da Campanha de Erradicação das Invasões) e na palavra de origem norte-americana “lândia” (significa “terra”, “terreno”, “lugar”)
6. Cruzeiro – O nome da Região Administrativa foi motivado pela proximidade com o cruzeiro onde foi celebrada a primeira missa da capital, em 3 de maio de 1957.
7. Fercal – Surgiu a partir da moradia dos trabalhadores de uma fábrica de cimento de mesmo nome.
8. Gama – O povoado surgiu às margens do Rio Vermelho no século 18. Na época da fundação, o padre Luiz da Gama celebrou uma missa e os habitantes do local batizaram o lugarejo de Gama em homenagem ao pároco.
9. Guará – Tem, como origem, o Córrego Guará, que corta toda sua área, sendo batizada em homenagem ao lobo-guará, espécie comum no Planalto Central. A palavra Guará deriva do tupi auará, significa “Vermelho” e é associada tanto ao lobo-Guará quanto a Ave-Guará.
10. Itapoã – Tem esse nome porque antes de ela se tornar cidade existia um condomínio no local. O dono do condomínio chamou o lugar de Itapoã para homenagear a Praia de Itapuã, em Salvador. Na língua tupi, itapoã quer dizer ponta de pedra.
11. Jardim Botânico – Faz referência ao Jardim Botânico do DF.
12. Lago Norte – Ocupa o lado norte do Lago Paranoá.
13. Lago Sul – Ocupa o lado sul do Lago Paranoá.
14. Núcleo Bandeirante – Era para ser um setor comercial temporário, livre de impostos e apelidado de “Cidade Livre”. Os desbravadores do Brasil Central (os novos bandeirantes) começaram a chegar livremente e a morar livremente. Na hora de levantar acampamento se manifestaram para permanecer no local, chamando assim de Núcleo Bandeirante.
15. Paranoá – O nome Paranoá é uma variante de Paranaguá (Paraná = rio caudaloso ou mar + Cuá = bacia, cavidade). Paranaguá significa enseada do mar, baía fluvial. A variante Paranoá tem o mesmo significado: baía fluvial.
16. Park Way – Literalmente traduzido “Caminho do Parque”.
17. Planaltina – Antes de se chamar Planaltina, a cidade se chamava Mestre d’Armas. Em 1917, mudou para Planaltina porque foi fundada no coração do Planalto Central há mais de 150 anos.
18. Recanto das Emas – A cidade tem esse nome por causa de um sítio da região chamado Recanto, onde havia uma grande quantidade de emas.
19. Riacho Fundo – Devido ao córrego Riacho Fundo, que inspirou o nome da cidade, e onde são encontrados plantas e animais característicos da cidade.
20. Riacho Fundo II – Devido ao córrego Riacho Fundo, que inspirou o nome da cidade, e onde são encontrados plantas e animais característicos da cidade.
21. Samambaia – Originou-se do nome do Córrego lá existente, cuja nascente se encontra logo abaixo das Quadras 127 e 327.
22. Santa Maria – O nome Santa Maria veio do Rio Santa Maria, um dos cursos d’água que banham o lugar.
23. São Sebastião – O nome é uma homenagem a Sebastião de Azevedo Rodrigues, conhecido como Tião Areia. Ele foi um dos primeiros a chegar à região. Na época da construção de Brasília, São Sebastião era onde ficava boa parte dos comerciantes de material de construção. Até hoje, há uma grande produção de tijolos no local.
24. SCIA – Setor Complementar de Indústria e Abastecimento
25. SIA – Setor de Indústria e Abastecimento
26. Sobradinho – Na região onde a cidade foi fundada existia um cruzeiro. Certo dia, um joão-de-barro pousou em cima dele e construiu uma casinha diferente. Parecia um sobrado em miniatura. Os moradores do local ficaram tão impressionados que o lugar passou a se chamar Sobradinho.
27. Sobradinho II – Na região onde a cidade foi fundada existia um cruzeiro. Certo dia, um joão-de-barro pousou em cima dele e construiu uma casinha diferente. Parecia um sobrado em miniatura. Os moradores do local ficaram tão impressionados que o lugar passou a se chamar Sobradinho.
28. Sudoeste/Octogonal – São setores distintos: Sudoeste por estar localizado na região sudoeste do DF e Octagonal pelas quadras em forma de octógonos.
29. Taguatinga – Referencia à Fazenda Taguatinga que deu origem a localidade
30. Varjão – O nome da cidade vem de uma antiga plantação de vagem da região. Inicialmente era chamada de Vila Varjão. 
31. Vicente Pires – Homenagem a Vicente Pires da Mota, padre jurista que deu origem ao nome da atual região.