Diário de viagem RO: Dia 13

22/09/2019

Depois do café seguimos para Nova Brasilândia do Oeste/RO que é uma cidade muito boa e pudemos observar a administração trabalhando em várias ruas que ainda não são asfaltadas. Devido as fortes chuvas da madrugada, algumas ruas ficaram intransitáveis por causa do barro. Em nossa visão, um dos grandes problemas são as precárias pontes de madeira que são estreitas e para quem não conhece não transmite segurança. O que mais nos encantou foi o canteiro central da principal avenida da cidade que além de muito bonito e arrumado é muito bem cuidado. Em seguida pegamos uma estrada de chão, muito bem cuidada, por 73 km até a cidade de Castanheiras/RO que é muito pequena e muito bonita. A linda Igreja Matriz está numa linda praça. Por ser domingo e estar um dia chuvoso as pessoas resolveram curtir um pouco mais as suas residências fazendo com que as ruas ficassem desertas. Logo partimos e deparamos com uma estrada com muitos buracos para a cidade Ministro Andreazza/RO onde as ruas estão bem prejudicadas que talvez seja a implantação do sistema de esgoto ou até mesmo as chuvas que provocaram tudo isso, porém a impressão que nos é passada é que a cidade necessita de atenção. Terminada a visitada seguimos para Cacoal/RO que é uma das melhores cidades do norte do país, segundo alguns moradores. É uma cidade de grande porte que é impossível percorrer todas as ruas, portando visitamos alguns dos inúmeros atrativos da cidade. O que nos chamou a atenção foi a tranquilidade como um casal de araras cuidava de seu ninho em meio ao vai-e-vem frenético de carros e pessoas em uma das principais avenidas da cidade. Seguimos em direção à próxima cidade Espigão do Oeste/RO aonde já chegamos ao final da tarde e fomos logo procurar um local para pernoitarmos.