Diário de viagem RO: Dia 10

19/09/2019
Ao amanhecer, já estávamos tomando o nosso café para dar sequência a nossa visita à cidade de Jaru/RO que está muito bem arrumada e bem sinalizada. A maior parte dos prédios públicos está concentrada em um único setor e todos estão bem conservados. Todas as igrejas visitadas estão muito bonitas e bem cuidadas. O que sentimos falta foi de praças arborizadas que possam ser usadas como lazer. Após fotografarmos e filmarmos esta bela e próspera cidade seguimos para o nosso próximo destino que foi Ouro Preto do Oeste/RO que conforme a anterior é de médio porte e é muito bonita. Possui casas modernas, ruas e avenidas largas e bem cuidadas. O que nos chamou a atenção foi a Prefeitura Municipal que fica localizada na Praça da Liberdade que é encantadora com suas fontes e lagos que merece ser destacada como um lindo cartão postal. Em seguida fomos por uma estrada terrivelmente esburacada até a nossa 20ª cidade Vale do Paraíso/RO que está bem cuidada e possui duas avenidas principais que cortam a cidade de leste a oeste. Devido ao pequeno tamanho da cidade resolvemos almoçar e seguir logo em direção ao nosso próximo objetivo que foi a cidade de Nova União/RO que está de parabéns, pois está muito bonita, limpa e toda pavimentada. O Terminal Rodoviário logo é notado na entrada da cidade que possui uma arquitetura diferenciada de todas as cidades visitadas até o momento e a praça em frente está muito bem cuidada. O capricho é uma palavra que pode ser usada para referirmos aos prédios públicos, igrejas, etc. Partimos em seguida para a cidade de Mirante da Serra/RO que igualmente as anteriores, está bem cuidada e o que destaca são as calçadas largas e, em sua maioria, estão todas gramadas ajudando bastante a absorver a poeira e que dá uma charme a parte. Uma experiência que deveria ser adotada por outras cidades que sofrem com a poeira. Outro destaque é a Igreja de Bom Jesus dos Migrantes que não pode deixar de ser visitada. Quando recebemos a notícia de que a nossa próxima cidade estaria localizada a uma distância de 46 km e que teríamos que seguir por uma estrada de chão, resolvemos seguir logo viagem, porém para nossa surpresa a estrada de chão está muito melhor do que várias estradas pavimentadas que já percorremos. Ao chegarmos em Urupá/RO uma pequena chuva nos esperava, que logo passou e conseguimos fazer algumas visitas e fazer algumas filmagens. Amanhã daremos continuidade.