Diário de viagem GO: 51º Dia

24/05/2018

Não fomos muito felizes em dormir em Bonfinópolis/GO, o único hotel da cidade que era muito ruim, sem café da manhã e muito caro. Não recomendamos este hotel. Em contrapartida, jantamos em um restaurante onde a comida caseira era bem fresca, uma delícia. Após tomarmos um bom café da manhã, na padaria, seguimos para conhecer a cidade que não apresenta muitos atrativos, porém o Parque Ecológico que está em construção, ficará muito bonito. Logo seguimos para a 250ª cidade Goianápolis/GO onde pudemos presenciar que está sendo executada uma verdadeira faxina nas praças e ruas da cidade, que estavam bastante ruins como exemplo a Praça da Antiga Matriz. As placas indicativas e o nome dos atrativos precisam ser colocadas, pois estes pequenos detalhes melhoraria muito a cidade. Partimos então para Terezópolis de Goiás/GO onde percorremos todas as ruas da cidade a procura dos atrativos e deparamos com o Templo do Vale do Amanhecer e fomos convidados a conhecer as instalações. Fomos recebidos de forma carinhosa e atenciosa por todos os membros e nos deixaram a vontade para fotografar e fazer perguntas. Foi uma experiência que enriqueceu um pouco mais o nosso conhecimento e desmistificou alguns conceitos. O local é muito bonito e com um grande significado onde os visitantes encontram muita paz. Logo após fomos almoçar e seguimos para a cidade Aparecida de Goiânia/GO que é uma cidade muito grande e seguindo o padrão que temos adotado filmamos algumas ruas e fotografamos apenas alguns atrativos devido ao pequeno tempo. Depois fomos para Hidrolândia/GO que é uma cidade onde suas ruas bem pavimentadas facilitaram muito a nossa navegação e continuamos a repetir que a falta de sinalização nas estradas nos pouparia de alguns erros simples e falta de sinalização também das ruas que nos causam uma perda de tempo e dinheiro bem acentuada. Com o sol bem baixo partimos para Aragoiânia/GO e para nossa surpresa o trajeto incluía um trecho de estrada de chão. Aproveitamos para pernoitar.