Diário de viagem GO: 49º Dia

22/05/2018

Após o café da manhã e bem ansiosos para conhecer o restante da cidade, fomos visitar alguns atrativos, pois é impossível visitar a todos em tão pouco tempo. Dentre os visitados o que mais nos chamou a atenção foi o Jardim Japonês que está um primor e o preço cobrado é justo para manutenção do belíssimo parque e o pequeno lago artificial na entrada do Parque Di Roma, além de ser bem feito é muito bonito. Os parques de águas quentes são caros e ficam para uma próxima visita a essa bela cidade. Seguimos então para a cidade de Ipameri/GO é uma bela cidade e o verde de suas praças e as fontes nos deixaram encantados. A bela Igreja Matriz do Divino Espírito Santo também é uma boa referência da cidade. Como já era tarde resolvemos almoçar e logo seguimos para Urutaí/GO que é muito harmoniosa e está muito bem arrumada e a Estação Ferroviária está tão bem cuidada que mantêm detalhes como a bilheteria e a recepção de telegramas que nos remete ao passado. Logo após fomos visitar a nossa 240ª cidade Pires do Rio/GO que é uma cidade de um porte um pouco maior e como não tinham placas indicativas não conseguimos localizar alguns atrativos. Fizemos algumas imagens pelo centro da cidade e depois seguimos para Orizona/GO que é conhecida como a cidade do leite e da boa cachaça. Logo quando chegamos fomos abordados por um jovem que nos contou que havia ouvido na rádio da cidade de Vianópolis/GO sobre a nossa presença e nos encheu de orgulho por saber que tem pessoas que se interessam pelo nosso trabalho. A cidade de Orizona/GO possui muitas praças e todas muito bem cuidadas. Um dos atrativos que nos chamou a atenção foi a Igreja de São José que impressiona pela sua arquitetura, pelo seu tamanho e pela sua beleza. Seguimos para nossa próxima cidade Palmelo/GO e como já era noite resolvemos pernoitar.