Diário de viagem GO: 46º Dia

19/05/2018

Depois de um bom café da manhã iniciamos os trabalhos na cidade de Cristalina/GO que é uma cidade muito bonita com ruas bem pavimentadas facilitando assim o nosso trabalho de filmagem. Possui várias praças e uma delas se destaca por fazer homenagem muito merecida ao garimpeiro guardando assim a história do povo dessa cidade. Fomos conhecer a famosa Pedra Chapéu do Sol, no Parque das Pedras, que tem seu peso estimado em 500 toneladas e que incrivelmente se equilibra a milhões de anos em uma base de pouco mais de um metro de diâmetro. Após seguimos para Campo Alegre de Goiás/GO que é uma cidade muito organizada com suas praças muito bem cuidadas e presenciamos a instalação das novas “Academias ao Ar Livre” em locais estratégicos facilitando bastante o acesso principalmente aos idosos. Anima-nos muito visitar cidades como esta onde até o letreiro da cidade é simples, mas muito bonito. Nosso próximo destino foi Davinópolis/GO e encontramos a cidade, aparentemente, em franco crescimento e percebemos que as novas casas recém-construídas estão em ruas onde o novo asfalto cedeu abrindo vários buracos, tirando esse problema a cidade está muito bem cuidada. Logo partimos para Três Ranchos/GO e logo na entrada da cidade a bela Estação Ferroviária, que hoje abriga o CRAS, está muito bem conservada enchendo os olhos dos visitantes. Visitamos também o bonito Lago Azul que aparentemente encontra-se com o seu nível bem baixo. Devido a forte chuva que caiu seguimos logo para a nossa próxima cidade Ouvidor/GO e como a chuva não dava trégua resolvemos pernoitar.