Diário de viagem CE: Dia 24

12/05/2019

Acordamos bem cedo e nosso objetivo era chegar na cidade de Palmácia/CE por volta das 07:30, porque ela dista cerca de 103 km, porém essa distância aumentou para 140 km devido a um trecho de estrada de chão que resolvemos não percorrer devido as fortes chuvas que tem caído na região. Chegamos por volta de 08:40 hs, devido as estradas estarem muito esburacadas, e demos início a nossa visita e logo na entrada um pórtico dava as qualidades do município que são o “frescor da sombra” e o “calor da hospitalidade”. Por ser uma cidade serrana, sua geografia não favorece aos nossos trabalhos, uma vez que possui muitas ladeiras, curvas e ruas estreitas e sem saída. Em seguida fomos para a cidade de Pacoti/CE que também faz parte da Serra do Baturité, onde aproveitamos para almoçar num restaurante onde a comida era muito boa, mas o atendimento era horrível. Logo na entrada uma bonita área de lazer dentro de uma Área de Proteção Ambiental (APA) nos chamou a atenção . Dos vários atrativos que a cidade oferece, não podíamos deixar de citar o bonito Instituto Maria Imaculada. Partimos após para a cidade de Guramiranga/CE que é muito famosa entre os cearenses pelo seu clima e os antigos casarões que lhe dão um toque muito charmoso. Passear pelas ruas e apreciar os artesanatos na Praça do Teatro Municipal são muito agradáveis. A infraestrutura hoteleira e gastronômica da região é bastante diversificada e atende a todos os gostos. Por serem cidades próximas, rapidamente chegamos a nossa 110ª cidade Aratuba/CE onde nossa visita foi breve devido ao tamanho da cidade e possuir várias ruas estreitas e sem saída. A viagem entre as cidades da região serrana é bastante perigosa devido ao grande número de curvas e não possuir acostamentos, mas a vista e a paisagem valem a pena. Seguimos para Capistrano/CE que devido ao horário não conseguimos concluir e deixaremos o restante da visita para amanhã.